Bula de Lorium

Abaixo seguem as informações importantes contidas na bula de Lorium

Indicação:

Indicado para várias formas de ansiedade e alívio dos sistomar a curto prazo. Cefaléias tensionais, hemicranias, insônia e palpitações.

Posologia:

Para obtenção de melhores resultados, dose, freqüência e duração da terapia devem ser individualizadas de acordo com a resposta do paciente. Para pacientes que utilizaram ansiolíticos anteriormente, podem ser indicadas doses iniciais maiores de Lorium. Dose diária média de 2 a 3mg administradas em doses divididas. Pode se chegar a limites compreendidos de 1 a 10mg ao dia.

Advertencias e precauções:

Como em qualquer droga depressoras do SNC, os pacientes devem ser advertidos para não operarem máquinas ou dirigirem veículos motorizados até ser constatado que não apresentam sonolência ou tontura. O paciente deve ser informado que a resistência ao álcool e outras drogas depressoras do SNC podem diminuir. Este medicamento não se destina a tratamento de doenças depressivas primárias ou no tratamento primário de psicoses. Em pacientes com ansiedade acompanhada de depressão, deve-se atenuar para a possibilidade de tentativa de suicídio. Recomenda-se que o tratamento seja constantemente reavaliado. Há relatos de amnésia transitória e perturbação da memória associadas ao uso de benzodiazepínicos. Indivíduos propensos ao hábito e dependência devem ficar sob cuidados. Seu uso pode levar a dependência.

Efeitos Colaterais:

As reações geralmente ocorrem no início do uso. E geralmente desaparecem com a continuidade. A incidência de sedação e instabilidade aumenta com a idade.

Armazenamento:

Armazenar em local a temperatura ambiente, fresco, fora da luz.

Caso perceba alguma divergência entre a bula que tem em mãos do medicamento e das informações nesta página agradeceremos se nos comunicar no email contato@bulasbr.com